Semana On

terça-feira, 23 de junho de 2009

Direitos humanos: estamos mal na foto

"O Brasil vê os direitos humanos como um obstáculo para suas metas. Acredita que seu apoio a políticas anticolonialistas em [países] do Terceiro Mundo deve sobrepor-se a considerações sobre direitos humanos. O México é um país-modelo no tocante a padrão de política de direitos humanos, seguido por Chile, Argentina e Uruguai. O Brasil está do outro lado do espectro."

José Miguel Vivanco, diretor regional da ONG Human Rights Watch, em entrevista a Andres Oppenheimer, no Miami Herald.

Leia mais sobre este tema:
- Lula surta em declarações sobre o Irã
- Diplomacia de resultados e a arte de se equilibar sobre muros

2 comentários:

Fatima disse...

O México é um país-modelo no tocante a padrão de política de direitos humanos?
Será para que parte dos habitantes?
Abrs.
P.s.
Vou ler o texto todo pra ver se entendo essa afirmação.

Barone disse...

Olá Fátima,
O texto se refere ao posicionamento do México na ONU em relação a assuntos relativos aos direitos humanos. Neste caso, o país tem votado, sempre, com o bloco que exige apurações aprofundadas em caso de denúncias. O Brasil está do outro lado do campo.