Semana On

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Um poema

Te sonhei esta noite
Seus olhos desenhados
Me guiavam
Caminhávamos de mãos dadas
Tua pele fina
Em minha face calejada
De marasmo

Te sonhei esta noite
Teu corpo branco
Enlaçado em lençóis
Nossas bocas mordendo
O vento
Mãos se apertando
Em orgasmo

Me sonhei menino
Em teus braços alvos
Perdido em seus lábios
jasmins

3 comentários:

Adriana Godoy disse...

Barone, que delícia...Bj

Maria-sem-vergonha disse...

Meu amigo, que saudades dos seus caminhos poéticos! bjs

Barone disse...

Adriana e Nanci. Vocês são duas flores no agreste virtual.