Semana On

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Crise

A crise no mercado jornalístico é mundial. Lendo o blog do Gjol, deparei-me com a notícia da demissão de três mil profissionais na Espanha e de cerca de 700 no Chile. Por aqui, o Jornal do Brasil demitiu 26 em sua redação além de profissionais de outras áreas. A diretoria do jornal alega que as demissões foram causadas pela crise, que dificultou o acesso ao crédito.

1 comentário:

Adriana disse...

O negócio está feio mesmo. Conheço alguns jornalistas amigos meus aqui em Beagá que estão na corda bamba. É triste e não sabemos quando isso vai melhorar. Resta torcer. A crise e a bruxa estão soltas. Beijo.

PS: Barone, você nem leu meu poema no poema dia, é minha estreia, né?