Semana On

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Pedro e Azevedo

“A política dos EUA em relação ao Afeganistão contribuiu, sim, para a formação da al-Qaeda. E isto não tem nada a ver com qualquer teoria conspiratória, é história oficial. Quem conta é o ex-ditador paquistanês Pervez Musharraf, aliado de Bush: foi dinheiro da CIA e treinamento da ISI paquistanesa por intermédio norte-americano que armou e preparou os árabes que lutaram contra a União Soviética durante os anos 1980. Não era uma operação secreta. Foi uma operação pública, documentada pela imprensa na época. Foram estes mesmos árabes que formaram a al-Qaeda.”

De Pedro Doria no imperdível post “Reinaldo Azevedo e como ele vê Obama”. Recomendo a leitura.

2 comentários:

Daniel "Gárgula" Braga disse...

Um dos maiores tiros que saiu pela culatra!!!

Alice Salles disse...

É, e agora lamentam e querem sair matando - de novo. A questão é que pelas próprias burradas que deveriam ENSINAR a quem as cometeu, os senhores em questão cometem mais do mesmo.