Semana On

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Lixo

Podemos ser um bando de omissos, indolentes, conformados e incultos, mas ao menos não temos por aqui (de forma organizada) esta corja covarde e energumena que baseia no conceito de raça o seu olhar sobre o mundo e sobre os outros. O estúpido acima é Daniel Cowart, neonazista preso por planejar com um colega o assassinato de Barack Obama, candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, e matar a tiros ou decapitar outros 102 negros em uma onda de assassinatos no Tennessee.

2 comentários:

Diego Viana disse...

Pior é que temos, sim. O ABC paulista está infestado de neonazistas; e o pior é que os líderes são, sim, brasileiramente brancos. Mas quem, por assim se dizer, põe a mão na massa (ou desce a mão nas pessoas, sobretudo homossexuais e nordestinos) são pessoas de origem humilde. Conheço um diretor de teatro, por exemplo, que foi ameaçado, depois espancado, por causa de uma cena de uma peça.

Inacreditável, não é?

Barone disse...

Que coisa não Diego? Importamos o que há de pior lá de fora. Ainda assim acredito que não podemos comparar o que acontece aqui com estas milícias organizadas que pupulam lá fora. De qualquer forma é preciso ficar de olho e não deixar que eles cresçam.