Semana On

sábado, 1 de agosto de 2009

Poesia aos sábados

Quiromancia

e por ter as mãos lisas
qualquer toque fricção
se transforma em uma marca profética
encostar as mãos
no seu corpo
traz estigmas
marcas indeléveis
de uma infinita transferência de carma

corpo fechado
contra escritores oniscientes
e deus com todos seus predicados

neste ponto da vida
é uma benção
trazer lisa assim
a palma da minha mão

Audemir Leuzinger, lá no Poema Dia

3 comentários:

BAR DO BARDO disse...

"transferência de carma"


intrigante...

Fatima disse...

Oi Victor!
Lindo poema!
Ah se eu pudesse e meu dinheiro desse!
Estaria lá em Bonito também.
Bjs.

BAR DO BARDO disse...

Li lá!