Semana On

terça-feira, 30 de junho de 2009

Quero um pouco de Lafargue em minha vida

Mestre Avelar me deixou mais tranqüilo. Na entrevista que me concedeu, sexta-feira passada – publicada aqui ontem – disse o seguinte: “Para ser o mais honesto possível, eu posso manter o Biscoito sem propaganda porque eu tenho um salário muito bom como professor universitário. Sou professor titular, já conquistei o que eu queria na minha carreira e posso dedicar uma boa parte do meu tempo ao blog, porque é importante e prioritário para mim neste momento. Se eu dependesse de trabalhar oito horas por dia, eu não teria o Biscoito do jeito que ele é.”.

O Biscoito Fino e a Massa é um dos melhores blogs da atualidade - em língua portuguesa. Para tal é necessário tempo, tempo livre para que a produção seja aprofundada, relevante, instigante.

Eu, aqui no meu cantinho, estou sempre lutando contra o tempo, brigando para pesquisar, checar, escrever, revisar, nutrir o blog com material relevante. Trabalho das 8h às 18h chefiando a reportagem da assessoria de imprensa da Prefeitura de Campo Grande. É trabalho árduo, que exige minha atenção constante. Nos entretempos me debruço sobre um tema, lutando contra o tic tac digital a fim de concluir um pensamento, uma análise.

Qualquer hora adoto Paul Lafargue, elejo a preguiça como objetivo, passo a defender o ócio, a renegar o “direito ao trabalho”. Para Lafargue, lutar pelo “direito à preguiça” é a verdadeira busca libertária, por meio da qual se construiria uma sociedade mais justa, regida pelo aproveitamento do tempo livre e não pela lógica de um esforço irracional e desumano. Tentador.

Queria ter mais tempo para o blog. Mas o tempo é escasso, desesperadamente escasso.

5 comentários:

Lelec disse...

Oi Barone,

Eu também gostaria de poder ter mais tempo para me dedicar ao blog e, sobretudo, à leitura dos blogs que considero preciosos, como o seu.
Parabéns por dar conta de equilibrar seu tempo e manter um blog tão interessante e intelectualmente instigante.

Abraço

Lelec

osrevni disse...

Penso muito nisso: como é possível postar tanto quanto se quer, com tanto trabalho a fazer! Tenho estado quase parado na vida de blogueiro por causa disso. Preciso de uma cadeira também, ou então, do direito à preguiça!

Falando nisso, seus feeds voltaram ao normal. Valeu!

Ricardo C. disse...

O Diego e o Lelec na mesma caixa de comentários so faz confirmar o óbvio: como é bom este blog.

Abraço

Barone disse...

Lelec, Diego e Ricardo... que honra ter os três no mesmo post. Prcisamos nos visitar mais vezes. Grande abraço.

Adriana Godoy disse...

Barone, imagino o que não faria com mais tempo...Santo Deus!!!!