Semana On

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Depois de "pito", Mandarim edita release sobre a Copa

Alertado por sua assessoria de imprensa sobre o “furo” da Mandarim Comunicação, o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, cobrou do pessoal do Sindicato da Arquitetura e da Engenharia (Sinaenco) – com quem estava reunido até a pouco – uma posição concreta sobre a informação de que Cuiabá já teria sido escolhida pela Fifa como sub-sede da Copa. Ouviu dos representantes do sindicato um pedido de desculpas e contradições. Um telefonema para São Paulo fez com que a matéria fosse editada. Para quem não viu, logo acima.

4 comentários:

Igor disse...

São só alfinetadas; palpites que, se derem sorte em acertar, poderiam dar créditos jornalísticos aos da Mandarim Comunicações, que teriam conseguido "o furo".

TATIANA SÁ disse...

quá!quá!quá!quá!quá!quá!quá!quá!quá!
quá!quá!quá!quá!quá!quá!quá!quá!quá!
quá!quá!quá!quá!quá!quá!quá!quá!quá!

Barone disse...

Olá Igor. Não é bem assim. A Mandarim Comunicação assessora o pessoal do Sinaenco que, por sua vez, está rodando o Brasil tentando "vender seu peixe" para quando a Copa vier.

Vieram a Campo Grande com este objetivo, reuniram-se com o prefeito no mesmo momento em que sua assessoria "chutava" que a cidade já estria fora da disputa. Ficou mal paa o cliente, a Sinaenco.

Este "furo" não caberia a eles. Bola fora com o cliente.

BAR DO BARDO disse...

Glupt!