Semana On

sábado, 18 de abril de 2009

Poema

O que me apavora
É despertar
Esquecido do sorriso
Adormecer
Repleto de lógica
Sonhar sonho sem lágrima

O que me enche de medo
É olhar no espelho
E descobrir-me
Senhor de certezas

É o que temo

4 comentários:

Adriana Godoy disse...

Belíssimo.

samuca santos disse...

victor, ia me desculpar mas o "poema" é tudo que eu queria escrever.

Ma disse...

Eu também.

Adorei.

mariagomes disse...

Bom poema!

(o anterior, intitulado MADRUGADA também o é.)