Semana On

segunda-feira, 16 de março de 2009

Poesia e artes plásticas

Sol

Se sol se refletir no seu olhar,
então um sorriso eclodirá
como uma flor.
E se ele brilhar em seu rosto,
então pássaros em bando.

Se o sol brilhar no teu olhar,
então ouvirei mil cantos
como calor.
E se ele se refletir no teu rosto
então uma noite clara.

E ainda sim haverá sorrisos
a sorrir.
Ainda assim sonharei palavras
a dizer.
E mesmo assim uma flor surgirá,
e eu sentirei seu calor
sob clareza da lua.

-

No dia 26 de setembro de 2008 lancei o livro Outros Sentidos no Rio de janeiro, em uma noite bastante eclética no Espaço Bora Bora. Eclética, pois, mesclado ao lançamento do livro, propriamente dito, os presentes puderam curtir boa música e artes plásticas.

Poder editar meu primeiro livro foi uma experiência emocionante. Mais emocionante, porém, foi ver um grupo de artistas plásticos, veteranos e novatos, pintando inspirados nos poemas do livro. Sou eternamente grato aos que me proporcionaram estes momentos naquela noite de setembro.

No domingo passado, esta experiência foi reavivada em cada detalhe com o recebimento de um e-mail da artista plástica Rosane Colbert Pacheco, que me enviou a imagem de uma tela de sua autoria baseada no poema Sol.

3 comentários:

Adriana disse...

O sol brilha em suas palavras e na imagem feita para elas.

Cris Animal disse...

A tela foi merecedora da poesia;assim como a poesia ficou mais encantada com a tela!

Parabéns aos dois artistas da vida!

beijo
................Cris Animal

BAR DO BARDO disse...

Os diálogos são sempre enriquecedores nas artes...

Parabéns para os dois artistas!