Semana On

quinta-feira, 12 de março de 2009

Ganância, mentira e roubalheira

Vivemos feito bandos de ratos aflitos, recorrendo à droga, à bebida, ao delírio, à alienação e à indiferença, para aguentar uma realidade cada dia mais confusa: de um lado, os sensatos recomendando prudência e cautela; de outro os irresponsáveis garantindo que não há nada de mais com a gigantesca crise atual, que não têm raízes financeiras, mas morais: a ganância, a mentira, a roubalheira, a omissão e a falta de vergonha. E a tudo isso, abafando nossa indignação, prestamos a homenagem do nosso desinteresse e fazemos a continência da nossa resignação.

A escritora e articulista Lya Luft, em um artigo contundente na Veja do último final de semana.

1 comentário:

samuca santos disse...

é, barone,
dona lya, com jeitinho, não dá moleza...