Semana On

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Luxo e Lixo

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, comemora hoje seu aniversário de 85 anos com uma festa que terá, entre outros luxos, 2 mil garrafas de champagne Moët & Chandon, 500 garrafas de whisky Johnny Walker Blue Label e Chivas de 22 anos, 8 mil lagostas, 4 mil porções de caviar, 3 mil patos, 10 mil ovos e 8 mil caixas de chocolate Ferrero Rocher.

Enquanto isso, a população sofre com a fome e a falta de condições mínimas de higiene que ajudam a propagar uma epidemia de cólera que já afetou mais de 65 mil pessoas, das quais 3.323 morreram desde agosto do ano passado. A situação de crise humanitária da população do Zimbábue é uma das mais grafes do mundo e a economia é assolada por uma hiperinflação que fez com que 350 milhões de dólares do país valham apenas 1 dólar americano. A taxa de desemprego é de 94% e 7 milhões de pessoas dependem de ajuda humanitária para sobreviver.

3 comentários:

O Blog do Capeta disse...

Lá também tem eleições! Deve ser isso que a Venezuela quer. Essa confusão entre democracia e eleições me racha a cara de nojo. Esquerda-loca!

Flávia Muniz disse...

os paradoxos desumanos do mundo...
Falar sobre isso é o mínimo que podemos fazer. Boa mobilização, poeta!

Barone disse...

Capeta, nem fale. São os resquícios do que hoje se convencionou como esquerda: stalinismo.