Semana On

terça-feira, 15 de julho de 2008

Manoel

(...) poesia pra mim é a loucura das palavras, é o delírio verbal, a ressonância das letras e o ilogismo. Sempre achei que atrás da voz dos poetas moram crianças, bêbados, psicóticos. Sem eles a linguagem seria mesmal. (...) Prefiro escrever o desanormal.

Manoel de Barros

1 comentário:

Maria-sem-vergonha disse...

"...Sempre achei que atr�s da voz dos poetas moram crian�as, b�bados, psic�ticos"...
Ah, Manoel! As suas palavras loucas me deixam l�cida....